Termo de Abertura e Histórico de 1928-1929 do Instituto José Manuel de Conceição

No dia 8 de fevereiro de 1928 reuniram-se no salão nobre do Acampamento do Mackenzie College, sito no kil. 32 da E.[strada de] F.[erro] Sorocabana, o Rev. Dr. W.[illiam] A.[lfred] Waddell, Rev. e Snra. C.[harles] R.[oy] Harper, Rev. R. F. Lenington e os Snrs. Erencio Victorino, Ednardo Pereira de Magalhães e Tuffy Elias, para a abertura das aulas do Curso Universitário “José Manuel da Conceição”.

Foi cantado o hymno nº 26, dos “Psalmos e Hymnos”, um dos hymnos predilectos do fallecido Rev. José Manuel da Conceição. O Dr. Waddell relembrou a ocasião em 7 de fevereiro de 1891, quando se reuniram na casa nº 1 da antiga rua S. José, hoje Líbero Badaró, o Rev. e Snra. G. W. Chamberlain, e, com 3 creanças, um menino branco, nº 1 da matrícula, depois o Rev. Álvaro Reis, uma menina branca e um menino preto, organisaram a Escola Americana de São Paulo.

Também a ocasião, no dia 8 de março de 1891, quando na sala do Rev. G. W. Chamberlain, na Rua Consolação em São Paulo, elle, Dr. Waddell, organisou o Mackenzie College, com três matriculados.

O Dr. Waddell passou a ler as passagens da Bíblia que foram lidas nas duas ocasiões supramencionadas, Ps. 121.1-8; 125.1-2; 127.1 e S. Matheus 7.24-27.

Foi feita oração pelo Rev. R. F. Lenington.

Pelo Rev. Dr. Waddell foi feito o histórico da conversão e o trabalho do Rev. José Manuel da Conceição, o primeiro Brazileiro ordenado no Brazil; sua pregação desde o Rio de Janeiro até a cidade de Ponta Grossa no Paraná; suas viagens a pé, evangelisando bairros, vielas e cidades, e da influencia que assim teve sobre a egreja nascente, fazendo della uma egreja essencialmente missionária. Portanto nada mais proprio do que dar o nome desse pioneiro da evangelisação a este Curso Universitário, cujo fito é o melhor preparo dos futuros evangelisadores da Pátria Brazileira.

Passou-se então a matrícula definitiva dos estudantes, na ordem de sua chegada ao estabelecimento, e foram declaradas abertas as aulas.

Foi feita a seguinte distribuição provisória das materias do curso:

Dr. Waddell: Philosophia e Mathematica;

Rev. C. R. Harper: Grego e Sciencias;

Rev. Lenington e Dr. Motta Sobrinho: Latim e Portuguez;

Mrs. Harper: Inglez e Musica.

No dia 13 de abril de 1928 o Curso foi honrado com a visita dos Revs. Alfredo [Borges] Teixeira e Epaminondas [do Amaral], professores da Faculdade de Theologia da Egreja Presbyteriana Independente em São Paulo.

No dia 20 de abril de 1928 recebeu também a honrosa visita do Rev. Salomão Ferraz, pastor da Egreja Episcopal em São Paulo.

No dia 20 de junho de 1928 foi encerrado o primeiro semestre do anno letivo.

No dia 28 de junho foi aberto o segundo semestre do anno letivo de 1928, com 11 matriculados.

No dia 13 de julho de 1928 o Curso teve o prazer de uma visita do Rev. Stanley Jones, missionário-evangelista da Egreja Methodista na India, auctor dos livros célebres “The Christ of the Indian Road” e “The Christ of the Round Table”, e do Rev. Erasmo Braga, Secretário da Commissão Brazileira de Cooperação, sob cujos auspícios o Rev. Jones fez uma viagem de evangelisação à América Latina. Reunidos os estudantes e professores na capella, o Rev. Stanley Jones fez um breve mas altamente instructivo discurso sobre o facto solemne, que se avida do ministro ou obreiro christão não quadrar com seu ensino, este será em vão.

No dia 3 de agosto de 1928 houve mais uma honrosa visita ao Curso. É que neste dia lá estiveram os Revs. José Carlos Nogueira, Moderador da Assembléia Geral da Egreja Presbyteriana do Brazil; Odilon Moraes, pastor da Egreja [Presbiteriana] Independente do Rio e professor do Seminario Unido naquella capital; Vicente Themudo, redactor da “Semana Evangelica”, órgão official da Egreja Presbyteriana Independente; e Herbert S. Harris, Secretario da “União Brazileira de Escolas Dominicaes”.

1929 – Corpo docente:

Dr. W.ª Waddell: Philosophia, Historia etc.;

Rev. Motta Sobrinho — 1º Semestre: Portuguez e Latim;

Rev. Alfredo Teixeira e Rev. R. F. Lenington: Portuguez e Latim;

Rev. C. R. Harper: Hebraico, grego, etica, physica;

Mrs. C. R. Harper: Inglez e Musica;

Mrs. W. A. Waddell: Pedagogia.

Uma turma de cinco moços formam-se este anno [1929], sendo os seguintes: Martinho Rickli, Ednardo Magalhães, Paulo Braga Mury, Adolpho Corrêa e Fernando Nanui.

———–

[Adendo de Eduardo Chaves]

O Conceição foi, durante mais quatro décadas, a escola e o lar de várias centenas de pessoas, que hoje exercem as mais variadas atividades, gozando da admiração e do respeito dos que os cercam pela probidade e competência herdadas dos dedicados e amáveis professores manuelinos.

Por razões ainda não suficientemente aclaradas, o Instituto José Manuel da Conceição encerrou suas atividades ao final do ano letivo de 1970. Toda a documentação escolar de seus alunos se encontra arquivada na Delegacia de Ensino de Itapevi, SP.

Transcrito aqui em São Paulo, 6 de Novembro de 2015

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s